20 de fevereiro de 2011

Vlad III, o Drácula que realmente existiu




           Eis que, em 1431, na Transilvânia, nasce o príncipe da Valáquia,Vlad III. Conhecido também como Vlad Tepes (o empalador), e posteriormente de Drácula, este sujeito pôde, tanto em vida quanto em morte, pôr a humanidade em dúvida quanto à existência de vampiros. Foi a partir do seu nascimento que as mais apavorantes lendas vampirescas surgiram.
           Uma das maiores provas do ditado “filho de peixe, peixinho é”, é o sobrenome de Vlad: Drácula, que significa filho do dragão e refere-se ao seu pai, Vlad Dracul (Dracul vem do latim e significa ‘diabo’ no romeno atual). A história do “principezinho” justifica qualquer apelido ou razão de ter herdado tal sobrenome.
Num contexto de luta pela independência da Valáquia em relação ao Império Otomano, Vlad teve uma infância cruel. Já foi entregue pelo próprio pai para ser refém dos turcos e cresceu assistindo pessoalmente a cenas de torturas das mais espantosas e violentas com freqüência. Isso o tornou um homem paranóico, senão vingativo.
 
 
Em 1447, a Valáquia foi invadida pela Hungria e Vlad II e um dos seus filhos, assassinados. Logo, Vlad III, que vivia longe de casa, volta para a Transilvânia a fim de assumir o reino. Muitos habitantes daquele local confundiram-no com o seu pai, o que os fez pensar que ele era imortal (característica vampiresca). É neste momento da história que Vlad passa a ser chamado de Tepes (o empalador). O “Drácula” sentia prazer em matar os seus inimigos através do empalamento, que consistia em espetar uma estaca do ânus até a boca do prisioneiro. Vlad assistia as vítimas clamarem de dor até que, horas depois, morressem de hemorragia.
Em 1462, Tepes perde o trono e acaba sendo preso na Hungria. Ainda com sede de vingança e tentando resistir ao avanço dos turcos, Vlad morre tentando reconquistar o poder na Valáquia, onde um dia pôde realizar seus preferidos passa-tempos, como saciar a sua fome em banquetes de corpos  humanos empalados.

22 comentários:

rafael disse...

opa, muito obrigado pelo comentário, estou acompanhado seu blog, gostei.

Luciano Castro disse...

AH SEI LA SE ISSO REALMENTE FOI VERDADE, MAS EU TENHO MUITA CURIOSIDADE NESSES ASSUNTOS, GOSTEI DEMAIS DO POST,....FALE MAIS SOBRE ASSUNTOS ASSIM...ABRAÇOS

Amanda disse...

nossaa legaaal *--* voce vai sempre falar de curiosidades sobre personagens históricos (ou lendários)? ja estou seguindo!

olha lá meu blog também ;D www.mentaflocada.blogspot.com

LEMESroger disse...

UII' gostei do que você vai contaar aii :)
supeer 10 e inteligênte seu blog :) [/voulersempre

ajuda a divulgar ? http://lemesroger.blogspot.com

Cissa Romeu disse...

Oi Andrezza, tudo bem?
Acabei de ver teu comentário lá no meu blog, e vim conhecer o teu, e o que vejo, uma das histórias mais fascinantes que existem. Até já conhecia sobre o Vladi "o empalador", mas vc contou de um jeito que ficou mais interessante. por isso estou te seguindo, também para te dar força, sinto que vc merece. Segue o meu blog também? Pode voltar lá, comentar sempre que quiser, fique a vontade no meu espaço. Voltarei aqui, achei muito interessante. Parabéns e boa sorte no mundo da blogosfera! Beijos
Humoremconto
http://anaceciliaromeu.blogspot.com

Juliane Bastos disse...

Nossa adorei aqui, e referente ao post eu acredito em tudo até que me provem o contrário :D

seguindo também viu. valeu pelo carinho *-*

Kell Alves disse...

Passando para retribuir sua visita ao 'Para que nunca me esqueça' e dar as boas vindas à blogosfera.
Sua estréia não poderia ser melhor pq sua escrita é de uma qulaidade invejável!
Sucesso e sorte!

Monstrinha disse...

Gostei do blog e gostei do assunto. Isso é que vampiro de verdade! Os "purpurinados" de hoje em dia ainda têm muito o que aprender antes de ser considerarem vampiros!
=D

Mentestupida disse...

gostei pra caramba viu, continue com isso!
estou seguindo!!

visitem http://mentestupida.blogspot.com/

J.Carmo disse...

Realmente interessante eses relatos..
o seu blog tem um ótimo conteúdo, parabéns';

Seguindo ele :D
http://topadanodedo.blogspot.com/

Nina Aubasi disse...

Olá Andrezza,
a respeito do seu comentário no post do meu blog,
sempre indico onde comprar os produtos que citei, mas naquele post achei que não havia necessidade, pq lingerie é uma coisa mais pessoal... mesmo assim, já que vc sentiu falta, os produtos são Victoria's Secret, e Fruit de la passion.
Os sites, se quiser dar uma olhada:
http://www.gwmcommerce.com.br/fruit/
e
http://www.victoriassecret.com/

Essas marcas são referência no segmento de lingerie, por isso as usei, mas devo dizer que pra mim são apenas insipirações, já que é possível sim encontrar peças LINDAS, e praticamente iguais, mas pela metade do preço!
Espero ter ajudado.

Super beijo.

tarcisio disse...

Droga ! ser empalado não é uma boa, pqp.

Pobre esponja disse...

Toda estória tem um pouco de exagero, mas se for só metade... faz Crepúsculo virar uma Malhação de Recém Nascidos...
Legal vc esquisar a fundo um tema que te imponha curiosidade, tudo tem um início, não?

bjs, sucesso
Pobre Esponja

@JuniorAd disse...

Olá, Andrezza

Vi que está começando o blog agora e desde já a parabenizo pela iniciativa. Seu blog, até onde eu sei, versará sobre uma temática nova. Bem interessante! Já seguindo.

Obrigado pela visita no Poses e Neuroses, e continue comentando. Feedbacks são sempre bem vindos.

^^

Grande abraço!

Feline Ferdy disse...

oi eu vi seu comentário, já estamos te seguindo, segue a gente lá depois também.
ah gostaria de fazer parceria por banner?

Nossa o Vlad era bem cruel ne, conturbado, meio sadomaquista gostava de ver a dor dos outros. Mas apesar de tudo a história em si é muito interessante, dá pra ficar imaginando as cenas.


MADNESS - O BLOG DA LOUCURA!

TWITTER DO BLOG MADNESS

• cynthia bs disse...

Olá, Andrezza.
Cheguei por aqui hoje, mas já amei o que encontrei. A começar pelo título do blog, o que me trouxe a fazer-te esta visita. É com muito prazer que lhe sigo e prometo voltar mais vezes para ler tuas postagens, linda.

Ah, e aproveitei para indicar seu blog à minha lista de jardins alheios (:

Boa noite!

Com amor,
Cynthia**

Ariane disse...

Quando você acha que ja viu de tudo...
Muito massa o seu blog. Vlw pela visita e pelo conselho no meu blog.
seguindo de volta aqui blz?

Adm. La vida Despues disse...

Dezza Parabéns pelo post ! Adorei !!
Continue assim :D
Beijos, Cristian.

Victor Costa disse...

Eu já sabia que o Vlad III era escroto na arte de empalar os inimigos, mas nunca imaginei que ele também curtisse carne humana. Afinal de contas, o Drácula real era um vampiro ou um canibal?
De qq forma, o Drácula dos livros continua sendo o rei dos vampiros. Nem os vilões do "Crepúsculo" chegam aos pés dele (e olha que nunca li os livros da saga, :D).

Thiago Silva disse...

Talvez a ficção seja uma forma um pouco distorcida da realidade, vampiros penso que não existem, mas atividades sanguinárias cometidas por personagens históricos marcam muito e se tornam lenda.

Gostei do seu blog e estou te seguindo, tbém vou colocar seu banner no meu blog.

http://thiagosilva7.blogspot.com/

Luciano Rodrigues disse...

olá, tem interesse em trocar links ou banners?

http://ficcaofantastica.wordpress.com/

e

http://contos-de-aneras.blogspot.com/

Amostra Gratis Brasil disse...

Muito interessante seu Blog, Gostei Muito!!!
Parabéns!!!

Postar um comentário

Twitter

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hosted Desktops